sexta-feira, 14 de julho de 2017

CURSO DE EXTENSÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL


CADASTRO DAS ATIVIDADES POLUIDORAS DE RECURSOS AMBIENTAIS

CADASTRO TÉCNICO FEDERAL DO IBAMA 
CONSULTA PÚBLICA SOBRE O ENQUADRAMENTO DAS ATIVIDADES POTENCIALMENTE POLUIDORAS E UTILIZADORAS DE RECURSOS AMBIENTAIS

O IBAMA abriu uma consulta pública sobre o projeto de revisão do enquadramento das atividades potencialmente poluidoras e utilizadoras de recursos ambientais do Cadastro Técnico Federal (CTF/APP). 
O objetivo é receber contribuições que permitam aperfeiçoar a regulamentação sobre o tema. 
Uma nova Instrução Normativa do IBAMA regulamentará o enquadramento das atividades no CTF/APP. As especificações relacionadas a cada atividade e as normas que incidirão sobre as mesmas serão detalhadas em 200 fichas técnicas que serão publicadas como anexo da Instrução Normativa e servirão como referência oficial. 
O envio de comentários e sugestões pode ser feito através do site do IBAMA (www.ibama.gov.br), até 31 de julho de 2017. 
Os documentos disponibilizados podem ser acessados no site do IBAMA ou clicando nos itens abaixo:
Fonte:  IBAMA

terça-feira, 4 de julho de 2017

segunda-feira, 3 de julho de 2017

ESTÁGIO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL BH


ESTÁGIO OBRIGATÓRIO (NÃO REMUNERADO) PARA ATUAÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL
 
   A Gerência de Educação Ambiental - GEEDA - da Secretaria Municipal de Meio Ambiente / Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) informa que está cadastrando estudantes candidatos(as) para o cumprimento de estágio obrigatório (não remunerado) com atuação na área de Educação Ambiental.
 
   Áreas de formação: estudantes de biologia, técnico em meio ambientegeografia e áreas afins.

Carga horária mínima preferencial para estágio obrigatório exigida pelo curso do estudante: 200 horas
Carga horária semanal de estágio: 20 horas
Turno: manhã ou tarde
Descrição das Atividades:
Acompanhamento de atividades de Educação Ambiental como cursos, oficinas, visitas orientadas, trilhas e palestras; realização de pesquisas; atendimento ao público; organização e produção de materiais educativos; divulgação de atividades educativas; apoio a eventos de Educação Ambiental.

Características desejáveis:
Facilidade de comunicação; desinibição; conhecimentos de informática em programas  de edição de textos e planilhas, navegação de internet, correio eletrônico; interesse por questões ambientais; participação em atividades desenvolvidas pela Gerência de Educação Ambiental.

  Mais informações, consulte PBH -  Gerência de Educação Ambiental - GEEDA - da Secretaria Municipal de Meio Ambiente / Prefeitura de Belo Horizonte (PBH)

sexta-feira, 30 de junho de 2017

CONSELHO CONSULTIVO DO PARQUE NACIONAL DA SERRA DO GANDARELA

Foto: divulgação Movimento Águas














CRIADO O CONSELHO CONSULTIVO DO PARQUE NACIONAL DA SERRA DO GANDARELA

   A Portaria ICMBio nº 410, de 20 de junho de 2017, criou o Conselho Consultivo do Parque Nacional da Serra do Gandarela, com a finalidade de contribuir para o efetivo cumprimento dos objetivos de criação e implementação dessa unidade de conservação. 
   O Conselho Consultivo do Parque Nacional da Serra do Gandarela é composto por setores representativos do Poder Público e da Sociedade Civil, considerando as peculiaridades regionais e o critério de paridade, da seguinte forma:

I - ÓRGÃOS PÚBLICOS:

a) Órgãos públicos ambientais, dos três níveis da Federação;
b) Órgãos do Poder Público de áreas afins, dos três níveis da Federação, representando os segmentos:
1. Poder Executivo e Legislativo Municipais;
2. Fiscalização e Proteção;
3. Histórico, Paleontológico, Espeleológico ou Geológico; e
4. Recursos Hídricos.

II - INSTITUIÇÕES DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

III - USUÁRIOS DO TERRITÓRIO:

a) Produtores Rurais;
b) Proprietários de terra no interior do Parque Nacional;
c) Comunidades locais e moradores do entorno do Parque Nacional;
d) Organizações de Desenvolvimento Regional;
e) Turismo;
f) Mineração; e
g) Unidades de Conservação em interface com o Parque Nacional.

IV - ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS:

a) ONGs Ambientalistas e afins.

  O quantitativo de vagas e a relação das instituições representantes de cada setor são aqueles definidos pelo Conselho, observando-se o critério da paridade, devidamente registrados em ata de reunião e homologados pelo Coordenador Regional competente do Instituto Chico Mendes. 
   A presidência do Conselho Consultivo caberá ao chefe ou responsável institucional do Parque Nacional da Serra do Gandarela que indicará seu suplente. 
As atribuições, a organização e o funcionamento deste Conselho Consultivo são previstas em seu regimento interno. 
   O Conselho elaborará o seu Plano de Ação e avaliará a efetividade de seu funcionamento. 
   O Plano de Ação e o resultado da avaliação do Conselho devem ser enviados à consideração da Coordenação Regional, que o remeterá à Coordenação Geral de Gestão Socioambiental para fins de acompanhamento. 
    Sugerimos a leitura completa da Portaria ICMBio nº 410, de 20 de junho de 2017. 

quinta-feira, 29 de junho de 2017

FILME DOCUMENTÁRIO AMANHÃ


SINOPSE

Com: Mélanie Laurent, Pierre Rabhi, Olivier De Schutter
  E se mostrar soluções e contar uma boa história fosse a melhor maneira de resolver as crises ecológicas, econômicas e sociais que atravessam nossos países? Após a publicação de um estudo que anunciava o possível desaparecimento de parte da humanidade até 2100, Cyril Dion e Mélanie Laurent partiram com uma equipe de quatro pessoas por dez países para entender o que poderia provocar essa catástrofe e, sobretudo, como evitá-la.  Durante a viagem, encontraram pioneiros que reinventaram a agricultura, a energia, a economia, a democracia e a educação. Todas juntas, estas iniciativas positivas e concretas, já contribuem para definir o mundo de amanhã…
Distribuição no Brasil: Bonfilm
2015 - Documentário - 1h 58min

INFORMAÇÕES EXTRAS

Título original: Demain
Direção: Cyril Dion, Mélanie Laurent
Críticas
O quebra-cabeça fragmentado em milhares de iniciativas toma forma e nos permite acreditar que é possível. E há os “heróis” – não existe bom documentário sem bons personagens. Entre eles, o britânico Rob Hopkins que impõe seu humor e sua sagacidade, ambos tão incisivos quanto construtivos. Télérama
Distante de todos os filmes alarmistas que abordam as mesmas temáticas, o road movie de Cyril Dion e Mélanie Laurent adota uma abordagem otimista e pedagógica, nunca esquecendo que um filme deve também conter emoção, viagens, imagens e ritmo. O que mais vamos querer?  Marilyne Letertre, Metro
Um documentário penetrante e pleno de esperança que deveria fazer todas as mentes evoluírem!  Elle
Filme investigativo, sem ser moralizador, exibe inúmeras iniciativas, ao redor no mundo, para mudar as coisas, tecendo um elo entre urbanismo, agricultura, energia e modos de vida. Baptiste Thion, Le Journal du Dimanche
Filme que tem o mérito de reunir iniciativas geralmente isoladas, e ao mostrar suas interdependências, descreve um mundo em movimento, tecendo fios entre milhares de pessoas dedicadas, engenhosas e habilidosas. Marie Soyeux, La Croix
 Fatos
– Vencedor do César 2016 – Melhor documentário
– 1 milhão de espectadores na França
 (Fonte: Varilux cine França)

CINE AMBIENTE EM FOCO


terça-feira, 27 de junho de 2017

11ª AGRIMINAS



















   A 11ª AGRIMINAS - Feira de Agricultura Familiar de Minas Gerais, acontece de 05 a 09 de julho na Serraria Souza Pinto em BH/MG. Estarão presentes produtores familiares de todo estado de Minas, bem como produtores da agroecologia e agricultura orgânica. Vale a pena conferir.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

ANA - AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS SUSPENDE CAPTAÇÃO DE ÁGUA NO RIO SÃO FRANCISCO


ANA - AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS
SUSPENDE A CAPTAÇÃO DE ÁGUA SUPERFICIAIS NO
RIO SÃO FRANCISCO

     Agência Nacional de Águas publicou no dia 20 de junho de 2017, uma resolução de Nº 1043 de 19 de junho de 2017, que institui o Dia do Rio, a partir do dia 21 de junho. Com a publicação da resolução, as captações realizadas em corpos d'água superficiais perenes de domínio da Uniãona bacia hidrográfica do rio São Francisco serão suspensas todas as quartas-feiras.
     A medida inclui retirada para todos os usos, mas exclui as captações para abastecimento humano e dessedentação animal, em conformidade com a Política Nacional de Recursos Hídricos (Lei 9.433/97), que considera esses usos prioritários em casos de escassez. Caso a captação seja compartilhada com outros usos, aqui abastecimento público, somente será permitido o uso para consumo humano e dessedentação de animais.
     A restrição vale para aquelas captações que ainda não estejam submetidas a regras mais restritivas de uso. A medida vale até 30 de novembro de 2017, quando está previsto o fim do período seco, mas poderá ser prorrogada caso haja atraso no início do período de chuvas na Bacia.
   A fiscalização poderá exigir a instalação de equipamentos de medição e/ou à adoção de outras medidas com o objetivo de permitir a verificação do atendimento ao disposto nesta Resolução. O não cumprimento da Resolução será considerado infração e ensejará a aplicação das penalidades previstas na legislação pertinente, incluindo embargo, lacre e apreensão de equipamento e aplicação de multas.

Sugerimos a leitura completa da Resolução Nº 1043, no site da ANA: www.ana.gov.br

quarta-feira, 31 de maio de 2017

USOS DE RECURSOS HÍDRICOS CONSIDERADOS INSIGNIFICANTES

USOS DE RECURSOS HÍDRICOS CONSIDERADOS INSIGNIFICANTES PODEM SER REGULARIZADOS ONLINE  
 
     O Instituto Mineiro de Gestão das Águas - IGAM, através da Portaria nº 28, de 24 de maio de 2017, estabelece os procedimentos para a regularização online dos usos de recursos hídricos considerados insignificantes.
   Este cadastro será realizado por meio de preenchimento online de formulário próprio, disponível no site do IGAM ou do órgão ou entidade competente.
    A certidão de cadastro dos usos de recursos hídricos considerados insignificantes terá validade pelo prazo máximo de 03 (três) anos, podendo ser renovada até o último dia de sua vigência. Caso não ocorra sua renovação, a continuidade da intervenção dependerá de um novo cadastramento.
 Vale dizer que o cadastro dos usos de recursos hídricos considerados insignificantes não terá o seu prazo vinculado a empreendimento ou atividade licenciados ou a empreendimento ou atividade em processo de licenciamento ambiental.
Sugerimos a leitura completa do Portaria IGAM n° 28, de 24 de maio de 2017.

SEMANA DE PRODUÇÃO E CONSUMO SUSTENTÁVEIS


EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM BH - JUNHO 2017


quinta-feira, 25 de maio de 2017

25 DE MAIO: DIA DE ÁFRICA


25 DE MAIO: DIA DE ÁFRICA





   Comemora-se a 25 de Maio, o Dia de África, a data foi instituída pela “Organização da Unidade Africana” em 1963. Em Julho de 2002, esta organização foi substituída pela “União Africana”. A União Africana (UA) foi fundada em 2002 e é a organização que sucedeu a Organização da Unidade Africana. Baseada no modelo da União Europeia (mas atualmente com atuação mais próxima à da Comunidade das Nações), ajuda na promoção da democracia, direitos humanos e desenvolvimento na África, especialmente no aumento dos investimentos estrangeiros por meio do programa Nova Parceria para o Desenvolvimento da África. Seu primeiro presidente foi o presidente sul-africano Thabo Mbeki.
Objetivos da União Africana

 A União Africana tem como objetivos a unidade e a solidariedade africana. Defende a eliminação do colonialismo, a soberania dos Estados africanos e a integração econômica, além da cooperação política e cultural no continente.

Membros

A União Africana possui 53 membros, cobrindo quase todo o continente africano
África do Sul, Argélia, Angola, Benim, Botswana, Burkina Faso, Burundi, Cabo Verde, Camarões, Chade, Congo Brazaville, Costa do Marfim, Djibouti, Egito, Eritreia, Etiópia, Gabão, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Lesoto, Libéria, Líbia, Malawi, Mali, Maurícias, Mauritânia, Moçambique, Namíbia, Nigéria, Quênia, Rep. Centro-Africana, Rep. Dem. Do Congo, Ruanda, Saara Ocidental, São Tomé e Príncipe, Senegal, Serra Leoa, Seychelles, Somália, Suazilândia,  Sudão, Tanzânia, Togo, Tunísia, Uganda, Zâmbia, Zimbabwe.

Membros suspensos

Guiné - suspenso depois do Golpe de Estado de 2008.
Madagáscar - suspenso depois do Golpe de Estado de 2008.
Níger - suspenso depois do Golpe de Estado de 2010. (Fonte: Fundação Dr. Antônio A. Neto)

    Este dia recorda a luta pela independência do continente africano, contra a colonização europeia e contra o regime do Apartheid, assim como simboliza o desejo de um continente mais unido, organizado, desenvolvido e livre.
 A data é celebrada em vários países de África e pelos africanos espalhados pelo mundo. Em países como o Gana, o Mali, a Namíbia, a Zâmbia e o Zimbabwe, o Dia da África é um feriado.

Continente Africano

 A África apresenta 30.230.000 km² de extensão territorial, distribuídos em 53 países, sendo a Nigéria o mais populoso. O maior país de África é a Argélia, enquanto as ilhas Seychelles são os menores. O ponto mais alto da África é o Kilimanjaro (5895 m). O Lago Assal em Djibouti é o mais baixo (155 m abaixo do nível do mar).
 É o segundo continente com mais população do mundo e o continente ao qual pertence a grande parte da população desnutrida e onde se apresentam os maiores problemas sociais da atualidade.

REGISTRO E CADASTRO DE USO DE PRODUTOS FLORESTAIS

PRORROGADOS OS PRAZOS PARA A RENOVAÇÃO DE REGISTRO E CADASTRO DE USO DE PRODUTOS FLORESTAIS E PESCA PARA O EXERCICIO DE 2017

   Foram publicadas no Diário Oficial do Estado, em 24 de maio de 2017, a Resolução Conjunta SEMAD/IEF nº 2496 e a Resolução Conjunta SEMAD/IEF nº 2497, que prorrogaram o termo final do prazo para a renovação de registro e cadastro, para pessoas físicas e jurídicas em Minas Gerais, perante o órgão ambiental competente.
   Por meio de Resolução Conjunta SEMAD/IEF nº 2496/2017, prorrogaram-se para 31 de julho de 2017, os prazos para a renovação de registro e cadastro anual, para as pessoas físicas e jurídicas que explorem, produzam, utilizem, consumam, transformem, industrializem, comercializem, beneficiem ou armazenem, no Estado, sob qualquer forma, produtos e subprodutos da flora nativa e plantada, bem como os prestadores de serviço que utilizem tratores de esteira e similares, comercializem ou portem motosserras, referentes ao exercício de 2017.
  A Resolução Conjunta SEMAD/IEF nº 2497 prorroga para 31 de julho de 2017, os prazos para a renovação de registro e cadastro anual para as pessoas físicas e jurídicas que explorem, comercializem ou industrializem produtos/petrechos de pesca no Estadoreferentes ao exercício de 2017.
   Ressalta-se que estes registros e cadastros são obrigatórios e seu descumprimento implicará ao infrator as sanções e penalidades previstas na legislação estadual vigente.

BOLSA DE RESÍDUOS


quarta-feira, 17 de maio de 2017

CURSO ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE


CURSO DE COMPOSTAGEM


  Oficina de Compostagem – Bem Composto, é  um  projeto de reciclagem de resíduo orgânico,  que pretende transformar o lixo que produzimos diariamente em adubo orgânico e rico em nutrientes, que retornará à terra no cultivo de alimentos saudáveis, sem o uso de agrotóxicos. É a manutenção do ciclo da alimentação,  respeitando a natureza e reduzindo o volume de aterros e lixões.
BEM COMPOSTO  é cuidar do meio ambiente, colocando cada um de nós em seu lugar de agente transformador,  assumindo e sendo a mudança que gostaríamos de ver acontecer.
Data e Hora
Data(s) - 27/05/2017
13:00 - 17:00
Informações: Aliança Francesa BH

quinta-feira, 13 de abril de 2017

IBAMA PRORROGA PRAZO DO RAPP

IBAMA PRORROGA PRAZO DE ENTREGA DO RAPP
RELATÓRIO DE ATIVIDADES POTENCIALMENTE POLUIDORAS E UTILIZADORAS DE RECURSOS AMBIENTAIS


   O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis - IBAMA, através da Instrução Normativa nº 4, de 7 de abril de 2017, prorrogou o prazo para a entrega do Relatório de Atividades Potencialmente Poluidoras e Utilizadoras de Recursos Ambientais - RAPP, previsto no §1º do Art. 17-C da Lei nº 6.938/1981. 
      Com a prorrogação, o prazo para entrega do RAPP do ano de 2017 (ano base 2016) se encerrará no dia 31 de maio de 2017. 
   Todas as pessoas físicas e jurídicas que exercem atividades sujeitas ao pagamento da Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental - TCFA estão obrigadas a entregar o RAPP. Este foi regulamentado pela Instrução Normativa IBAMA 06/2014 e consiste em vários formulários eletrônicos divididos por temas. 
Para acessar o RAPP (clique aqui). Após o "login" vá a Relatórios > Atividades > Lei 10165/00. 

segunda-feira, 27 de março de 2017

PORTELA CAMPEÃ DO CARNAVAL DEFENDENDO O MEIO AMBIENTE - AS ÁGUAS - DÁ SHOW EM BELO HORIZONTE

  O show da Portela em BH que aconteceu sábado, dia 25 na Praça de Santa Teresa foi um acontecimento histórico para nossa cidade e para quem aprecia e busca valorizar a cultura brasileira.
   Uma Praça lotada em um bairro tradicional da cultura de BH percebia-se nitidamente a felicidade nas pessoas, cantando, fazendo eco aos grandes sambas apresentados pela Portela. Não se viu nenhum registro de qualquer incidente no local o que atesta que valorizar a cultura brasileira é trazer qualidade de vida para a população.  A presença da Velha Guarda da Portela que poderia ser chamada de Mestres da Portela trouxe harmonia, foi festejada, ovacionada pela população.
    Vencedora do carnaval 2017 defendendo o meio ambiente – água, a Portela literalmente deu um show com uma apresentação vibrante. Uma energia contagiante que comprova a Força do Samba e de nossa cultura brasileira. Com um repertório de vários sambistas renomados do Brasil e o sensacional samba enredo vencedor do carnaval, momento marcante do show, a população de Belo Horizonte foi presenteada com as raízes de nossa cultura em grande estilo na apresentação da Portela.
Velha Guarda do Samba de BH e Velha Guarda da Portela no show em BH - Foto: Jornal Oecoambiental

   Abrindo a noite de gala, houve outro momento histórico para a capital mineira, com a apresentação da Velha Guarda do Samba de BH e Mandruvá, um sambista respeitado em BH e no Brasil. Carnaval de Belo Horizonte que a cada ano vem se consolidando com uma identidade  própria, com a volta dos desfiles de blocos e Escolas de Samba na Av. Afonso Pena e as centenas de blocos de rua, que em 2017 trouxeram cultura, lazer, descontração e felicidade para a população.
Tia Surica -Pastora ícone da Velha Guarda da Portela- Foto: Jornal Oecoambiental

    Em entrevista exclusiva para o Jornal O Ecoambiental Tia Surica e Monarco relataram a importância da conquista do carnaval pela Portela, Tia Surica, a pastora ícone da Velha Guarda da Portela, afirmou: “após vários anos sem conquistar o carnaval sozinha, foi muito bom vencer defendendo a natureza”. (O último título conquistado pela Portela foi em 1984). Monarco afirmou o acerto na escolha do enredo, que surgiu de uma ideia inicial original: “foi um rio que passou em minha vida e meu coração se deixou levar” que faz lembrar o grande samba de Paulinho da Viola e passou a ser: "Quem nunca sentiu o corpo arrepiar ao ver esse rio passar", verso do samba enredo.  A Portela venceu o carnaval com um enredo que apresentou a relação histórica entre a humanidade e os rios, através das lendas e religiões.
Monarco: Sambista lendário da Velha Guarda da Portela - Foto: Jornal Oecoambiental

   Monarco e Tia Surica sobre a importância do samba lembraram: “quem não gosta de samba bom sujeito não é. Ou é ruim da cabeça ou doente do pé”. Nossos parabéns a Portela pelo brilhante show de cultura brasileira em BH e pela conquista do título de campeã do carnaval 2017 defendendo o meio ambiente – as águas.  Um acontecimento que ficará marcado na história cultual da cidade e do Brasil. 

quinta-feira, 9 de março de 2017

PORTELA VENCE O CARNAVAL 2017 DEFENDENDO A ÁGUA, O MEIO AMBIENTE

Parabenizamos todas as Escolas de Samba do Rio de Janeiro e do Brasil que são guerreiras ao defender a cultura brasileira.
   No Rio de Janeiro a defesa da Água venceu o carnaval 2017 através da Portela com uma mensagem de vida, liberdade e valorização do meio ambiente:



“Quem nunca sentiu o corpo arrepiar ao ver este rio passar ...”,  frase inscrita no samba enredo da Portela, que em um espetáculo monumental, universal, levou ao Brasil e ao mundo a mensagem de valorização deste recurso natural que nos permite viver.   Uma Ala da Portela chama a atenção: “O Rio que era doce” – alertando sobre a devastação socioambiental provocada pelo rompimento da barragem de rejeito de minério em Mariana – MG.
  E assim o Brasil segue em frente com a força da cultura popular invencível. Que o Brasil valorize cada vez mais o Brasil da sabedoria popular que faz de nosso País inigualável no mundo. Que possamos nos unir através da valorização da pessoa  humana e do meio ambiente.   Saudações e Vivas a Força da Cultura Brasileira ... 





segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

BLOCO LIBERDADE E ÁGUA LIMPA NO CARNAVAL DE BH 2017



O BLOCO LIBERDADE E ÁGUA LIMPA agradece aos moradores do bairro Planalto pela excelente recepção quando da apresentação no sábado de carnaval. Estaremos em breve voltando ao Planalto. Um grande abraço a Marinha nossa Rainha de honra do bloco e todos os moradores.

SAUDAMOS A PORTELA QUE VENCEU O CARNAVAL DAS ESCOLAS DE SAMBA DO RIO DE JANEIRO EM 2017 COM O ENREDO DE DEFESA DA ÁGUA. NA VERDADE É UMA VITÓRIA DE TODOS QUE LUTAM POR UM MEIO AMBIENTE SADIO COM QUALIDADE DE VIDA PARA TODOS

O BLOCO LIBERDADE E ÁGUA LIMPA ESTARÁ REALIZANDO SUAS RODAS DE SAMBA DURANTE O ANO SAUDAÇÕES A TODOS
“BRILHOU NO CÉU, NOS ESPAÇO SIDERAL, LIBERDADE E ÁGUA LIMPA VEM BRILHAR NO CARNAVAL DE BH ...”

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

BLOCO LIBERDADE E ÁGUA LIMPA




 UM BLOCO DE BELO HORIZONTE - MG - BRASIL

 QUE SURGIU DAS RODAS DE SAMBA E CAPOEIRA, TEM COMO PRINCÍPIO A VALORIZAÇÃO DA PESSOA HUMANA, DE NOSSAS RAÍZES CULTURAIS, DO MEIO AMBIENTE E DE TODOS QUE PROCURAM MELHOR QUALIDADE DE VIDA E CONQUISTA  DE DIAS MAIS FELIZES PARA TODOS




SEJAM BEM VINDOS